Munhoz volta a atacar promotora e Santa Casa

A promotora Cristiane Correa de Souza Hillal “respalda as maracutaias” que são praticadas na Santa Casa e que justificaram, portanto, a intervenção da Prefeitura no hospital. A afirmação foi feita pelo deputado estadual Barros Munhoz (PSDB), que desceu da presidência para discursar da tribuna da Assembleia Legislativa, na terça-feira.

Ao lado de grandes volumes de papeis, o parlamentar dividiu seus ataques à titular do Ministério Público e à Mesa da Santa Casa. No caso da promotora, Cristiane foi mencionada nominalmente. Em relação ao hospital, a menção nominal foi feita ao ex-diretor executivo, Ronaldo Carvalho.

Para justificar a acusação de que a promotora move perseguição Carlos Nelson (PSDB), o deputado disse que Cristiane remeteu 1.445 ofícios ao prefeito nos últimos sete anos e meio. “E a bandidagem solta pelas ruas”, completou. 

Na articulação dos dois focos, afirmou que a “Santa Casa virou centro de maracutaia”. O atendimento do hospital é “catastrófico” enquanto a direção só pensava “em obras, obras, obras…”. Sobre Ronaldo, disse que o diretor executivo recebia R$ 31 mil por mês entre salário e verba para outras despesas. Acusou que a instituição adquiriu o prédio onde instalou o Centro Administrativo por valor acima do mercado, ao pagar R$ 680 mil.

Leia matéria completa no site de A COMARCA:http://www.acomarca.com.br/?pg=noticia&id=3166
Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s